Você sabia? Mais de 40% dos anúncios atrasam o carregamento de sites

4_blog_gw_mar

Qual usuário não se cansa ao acessar um site com carregamento lento e atrasado? Pois é. Mas esta realidade é mais comum do que se imagina. Segundo estudo feito pela Ad Lightning, mais de 40% dos anúncios exibem tamanhos maiores do que os padrões estipulados pela IAB (Interactive Advertising Bureau), provocando lentidão nas páginas. Atualmente, um anúncio de tela tem um limite de 300 kilobytes.

Os anúncios pesados, em média, dobram o tempo de carregamento de uma página e impactam diretamente na sua visualização e na visualização do site. Afinal, se uma publicidade demora a carregar, provavelmente ela não será vista pelo usuário. Velocidade é um ponto fundamental no ambiente online, pois os internautas abandonam rapidamente uma página com problemas de carregamento.

Além disso, anúncios que estão fora do tamanho determinado diminuem a classificação dos sites em mecanismos de busca, já que o Google prioriza sites que carregam mais rápido nas buscas.

No desenvolvimento de um anúncio online, os publishers e agências precisam se preocupar com a questão criativa, mas, acima de tudo, com os atributos técnicos e diretrizes básicas para garantir a exibição de anúncios com qualidade. Sabe aquele ditado: ‘menos é mais’? Então, os anúncios leves, com menos animação são os recomendados.

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.