Facebook Ads ou Google Ads: por onde começar a investir em mídia paga?

Antes de falar de dúvida, que tal abordar uma certeza? A mídia paga é uma ferramenta poderosíssima para atrair clientes, e sua empresa não pode deixar de utilizá-la. Mas, por onde começar esse investimento: no Google Ads ou no Facebook Ads?

Se você também está nesse dilema, não perca este post! Vamos falar sobre essas duas importantes ferramentas para quem está começando a anunciar. Confira!

Google Ads ou Facebook: por onde começar?

Não existe uma resposta única sobre em qual dessas opções de mídia paga começar. Afinal, cada negócio tem suas características e o público-alvo pode chegar à internet em momentos diferentes da jornada de compras.

Basta pensar em alguns exemplos. Vamos imaginar que uma pessoa já corre, e o tênis dela está desgastado. Ela provavelmente vai chegar ao Google já sabendo o que quer e vai digitar na caixinha de busca “tênis de corrida” ou “melhor tênis para corrida”.

Por outro lado, vamos pensar em um empresário que quer impulsionar as vendas do seu negócio. Ele dificilmente vai chegar e pesquisar diretamente “Facebook Ads”, “Google Ads” ou até mesmo “mídia paga”. Geralmente, ele faz isso depois de já ter pesquisado o assunto.

É possível que ele comece sua busca com “como aumentar as vendas usando a internet”, “como anunciar na internet”, e assim por diante. Assim, enquanto o comprador do tênis já sabia o que queria, esse se conscientiza gradualmente de suas necessidades e soluções.

Mas afinal, o que isso tem a ver com a escolha do Google Ads ou Facebook Ads? É o que você vai saber a seguir!

Facebook Ads ou Google Ads: qual é a diferença?

Para saber onde começar a investir, você precisa entender quais são as diferenças de cada uma dessas opções.

Mídia paga no Google Ads

No Google Ads, seu anúncio pode aparecer em diferentes posicionamentos. Embora o mais conhecido seja a rede de pesquisa e Google Shopping, também é possível exibir a oferta em sites parceiros do buscador.

O Google também conta com uma rede de display. Isso significa que o anúncio pode aparecer no YouTube, no Blogger, no Gmail, no Google Finance, além de aplicativos e páginas de notícias relacionadas às palavras-chave definidas para a sua campanha.

Assim, se você vende seguros, seu anúncio pode aparecer em uma notícia que fala sobre carros, por exemplo. Quanto mais compatível é a sua oferta com o interesse do leitor daquele site, maiores são as suas chances de conversão.

O Google Ads é perfeito para abordar o consumidor que já tem uma intenção de compra definida. Ele não está buscando soluções, e sim o melhor fornecedor para um determinado produto ou serviço. No marketing, nós dizemos que ele está no fundo do funil.

Mídia paga no Facebook Ads

Assim como no Google Ads, o Facebook também exibe seus anúncios em diferentes posicionamentos. Portanto, eles podem aparecer no feed da própria rede social, no Instagram, no Marketplace, no Messenger e no Audience Network.

É importante lembrar que o usuário do Facebook não entra na rede para comprar. Afinal, ele está ali para se divertir, para se entreter com as publicações de seus amigos.

No entanto, como essa plataforma tem um sistema de inteligência altamente desenvolvido, ele identifica os interesses das pessoas. Portanto, a probabilidade de ele mostrar sua oferta para alguém com grandes chances de comprar (ou pelo menos querer saber mais) é enorme.

Diferentemente do Google, é possível usar o Facebook Ads para fazer um excelente trabalho no topo do funil de vendas. Um conteúdo na rede pode fisgar o consumidor para as etapas de conscientização e consideração, até chegar à decisão.

Qual é a melhor mídia paga para começar?

A resposta não é a que os leitores gostam de encontrar, mas é verdadeira: depende! A escolha deve se basear em um conhecimento profundo da sua persona e em seu comportamento ao longo da jornada de compra.

Portanto, se você vende produtos para quem já sabe exatamente o que quer quando chega à internet, provavelmente o Google e o Google Shopping serão adequados.

Porém, se a sua venda ocorre em etapas e precisa de um processo de conscientização, é bem interessante formular uma estratégia que começa no Facebook.

Embora não haja uma resposta única, o fato é que uma estratégia combinada de Facebook Ads e Google Ads costuma trazer os melhores resultados. Dessa forma, você conseguirá atingir pessoas em todas as etapas no funil de vendas e gerar muitas conversões.

Quer conhecer um plano personalizado para impulsionar seu negócio com uma estratégia imbatível de mídia paga? Converse agora mesmo com nosso time e tenha resultados que só um grupo de especialistas pode gerar para sua empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *