Mais um cliente entrou para nosso time!

5_blog_gw_mar_topsupply-signmaker

Recentemente fechamos novos trabalhos com as empresas Top Supply e Signmaker, especialistas no mercado de comunicação visual, impressão digital, arquitetura e construção.

Para o novo projeto foi realizado a contratação de campanhas de Links Patrocinados, criação de landing pages e e-mail marketing, visando ampliar a divulgação da marca e seus produtos de forma estratégica.

E-commerce brasileiro fechou 2016 com saldo positivo

3_blog_gw_mar

O e-commerce brasileiro teve um aumento de 7,4% nas vendas em 2016, faturando 44,4 bilhões. Para este ano, a expectativa do setor é de chegar a 49,7 bilhões. Segundo relatório da Ebit, empresa que estuda o varejo online, o crescimento se deve, principalmente, ao aumento dos consumidores no ambiente digital, ao acesso a dispositivos móveis e a adaptação das plataformas a esses dispositivos.

Você sabia? Mais de 40% dos anúncios atrasam o carregamento de sites

4_blog_gw_mar

Qual usuário não se cansa ao acessar um site com carregamento lento e atrasado? Pois é. Mas esta realidade é mais comum do que se imagina. Segundo estudo feito pela Ad Lightning, mais de 40% dos anúncios exibem tamanhos maiores do que os padrões estipulados pela IAB (Interactive Advertising Bureau), provocando lentidão nas páginas. Atualmente, um anúncio de tela tem um limite de 300 kilobytes.

Novidade nas redes sociais

2_blog_gw_mar

Para melhorar ainda mais a experiência de quem navega pelo Instagram Stories e atender as necessidades dos anunciantes, agora será possível criar anúncios para esta funcionalidade. A princípio, as marcas poderão exibir anúncios de até 15 segundos de vídeo ou 5 segundos de imagem, podendo ser passado com um simples toque, como se fosse uma das Stories.

Audiência em vídeos é duas vezes maior que em outros canais

3_blog_gw_fev

Você já deve ter notado que ‘publicidade’, ‘vídeos’ e ‘mobile’ são os temas da vez, não é verdade? E não é para menos. Segundo dados do Google/Ipsos e Brand Building on Mobile Survey (U.S.), os usuários estão muito mais propensos a interagir com as marcas e seus produtos quando impactados por anúncios e vídeos via celulares se comparado a outros canais como TV ou desktop.