Links patrocinados Google e busca orgânica eficientes

Links patrocinados Google e busca orgânica eficientes

Ficar bem ranqueado na pesquisa orgânica é o grande objetivo de quem investe em SEO. No entanto, as campanhas de links patrocinados Google também são uma ótima estratégia de marketing e conversão.

Imagine agora que os links patrocinados influenciam positivamente no ranqueamento de SEO… Foi isso que uma pesquisa feita anos atrás pelo Google no seu próprio servidor pretendia analisar: a relação entre os anúncios pagos e os links orgânicos.

E a análise mostrou que o comportamento do usuário foi modificado quando o resultado da pesquisa aparecia tanto na busca orgânica quanto nos links patrocinados.

Essa combinação gerou um aumento significativo de cliques, como se o usuário, mesmo escolhendo clicar no resultado da pesquisa orgânica, fosse motivado ao perceber que aquele site também aparecia nos links pagos.

Assim, pode-se concluir que a estratégia de SEO para a busca orgânica se torna mais eficiente quando há também o investimento em links patrocinados Google. Ou seja, ambas são ações complementares na criação de campanhas efetivas.

Mas como atuar bem nos dois formatos? A resposta para essa questão você encontra acompanhando esse post!

Como trabalhar campanhas de SEO e links patrocinados Google em conjunto?

Hoje, os links patrocinados Google, ou Google Ads, são o meio mais popular e barato de divulgar sites e conteúdos na internet através de mídia paga. E essa estratégia pode trazer resultados efetivos para as campanhas de marketing digital.

Mas o que todo mundo quer mesmo é aparecer “bem na fita” no ranking da pesquisa orgânica. Ou seja, os primeiros lugares, como em tudo na vida, são os mais disputados. 

Porém, o que muita gente não sabe, é que é possível aproveitar a funcionalidade e os conceitos das campanhas de links patrocinados Google para gerar tráfego através da pesquisa orgânica. Veja alguns exemplos de como alias os dois formatos:

Utilize as palavras-chave negativas marcadas na campanha do Ads

Ao criar conteúdos inbound, insira essas palavras-chave negativas num contexto adequado, de modo que os assuntos se relacionem.

Dê atenção às title tags e meta descriptions

Acompanhe pelo Google Search Console quais title tags estão melhor ranqueadas nas campanhas de links patrocinados e aproveite-as em novos títulos e descrições de SEO.

Gere conteúdo baseado em performance geográfica

Através da plataforma do Google Ads, filtre os resultados das campanhas por localidade e observe quais áreas converteram mais cliques e geraram mais venda. Assim, é possível usar as palavras mais utilizadas como referência no mercado que a empresa está inserida, usando a região definida como filtro.

Combine Call-to-action e extensões

Combine as extensões das campanhas de links patrocinados Google com os call-to-action do conteúdo de SEO. Desse modo, observe as extensões utilizadas nas campanhas e destaque as que apresentam melhor performance na conversão de cliques. Depois, adapte o termo da extensão para criar um CTA com maior efetividade.

Utilize expressões de correspondência ampla

Pesquise detalhadamente todas as variações de busca relacionadas à palavras-chave de campanhas de links patrocinados. A partir disso, aproveite os termos e insights provocados por essas correspondências de pesquisa para otimizar sua estratégia de SEO. Assim, é mais fácil criar conteúdo qualificado e atrativo com maiores chances de aparecer na busca orgânica.

Agora que você já sabe como aliar os dados das campanhas de links patrocinados com o conteúdo de SEO para trabalhar bem nos dois formatos de busca, aproveite para conhecer os serviços da Gerente Web e veja como podemos ajudar a melhorar seu posicionamento online.

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.