Gestão de mídias sociais: quais são as principais estratégias?

Para atingir os consumidores e conquistar novos clientes, as empresas precisam ocupar o espaço em que as pessoas estão. No século XXI, esse espaço já não é um local físico, mas um território virtual, o que torna a gestão de mídias sociais fundamental para o sucesso de um negócio.

No Brasil, o tempo de utilização de redes sociais está acima da média mundial. Uma pesquisa feita pela GlobalWebIndex mostrou que, em nosso país, gastamos cerca de 225 minutos diários em sites ou aplicativos. Portanto, se você quer conquistar seu público-alvo, é lá que sua empresa precisa estar!

Mas como fazer uma boa gestão de mídias sociais e utilizar esse recurso para potencializar os resultados do seu Marketing Digital e aumentar as vendas? É sobre isso que vamos falar. Então, continue a leitura e saiba como criar sua estratégia!

Estratégias para gestão de mídias sociais

1. Descubra quem é sua buyer persona

Redes sociais entram e saem de moda. Surgem novidades a todo momento, alguns aplicativos são apontados entre os mais baixados do mundo. Então, não faltam gestores que pensam: “minha empresa precisa estar lá”.

Porém, nem sempre é assim. Uma empresa precisa concentrar seus esforços nas redes sociais que seu público-alvo utiliza. Por isso, ela deve conhecer muito bem o comportamento de sua buyer persona.

Portanto, o primeiro passo para uma boa gestão de mídias sociais é conhecer bem sua buyer persona. É fundamental saber quais são os canais que ela utiliza, que tipo de conteúdo consome nas plataformas, entre outras preferências. Assim, sua empresa se comunicará no local certo e utilizando a linguagem adequada.

2. Escolha os melhores canais

A partir da construção da buyer persona, você pode escolher as redes sociais em que este público está presente. É importante conhecer o perfil dos usuários de cada plataforma e analisar dados como gênero, faixa etária, interesses e comportamento.

Também aproveite essa pesquisa inicial para identificar os formatos adequados para cada uma das plataformas. Enquanto em algumas (como o YouTube) é essencial produzir vídeos, em outras o apelo visual é fortíssimo, como o Pinterest.

3. Defina seu objetivo para a gestão de mídias sociais

As mídias sociais podem ser usadas para alcançar diferentes objetivos. Embora algumas empresas façam a venda diretamente nessas plataformas, outros negócios descobrem que utilizá-las para construir relacionamento com consumidores, fortalecer a consciência de marca ou atrair tráfego para o site pode trazer melhores resultados a médio e longo prazo.

Também existem empresas que atribuem diferentes funções a canais distintos. Veja alguns exemplos:

  • o Twitter se torna um canal para comunicação direta, reclamações, perguntas e respostas;
  • o YouTube pode ser um meio de educar o consumidor, mostrar como o produto oferece as soluções que ele necessita;
  • o Instagram é uma plataforma ideal para quem deseja promover a consciência da marca e fazer um trabalho mais inspiracional.

No entanto, esses são apenas alguns exemplos de como a marca pode utilizar essas redes. É possível trocar esses objetivos, sempre levando em consideração o comportamento de sua buyer persona.

4. Planeje conteúdo relevante

Um dos principais erros na utilização de mídias sociais é fazer posts apenas para divulgar promoções. O consumidor já desenvolveu uma “cegueira de banner”, ou seja, ele consegue identificar publicações que visam apenas a promoção e ignorá-los, até de forma inconsciente.

Portanto, para realmente se conectar com o público é fundamental produzir conteúdo relevante. Se o negócio é um comércio de moda, por exemplo, o ideal é não focar apenas nas fotos ou na venda de produtos, mas realmente se diferenciar e se tornar uma marca que contribui para atender às necessidades do seu público-alvo.

Nesse caso é interessante fazer publicações sobre tendências, dicas de styling, looks apropriados para diferentes ocasiões, como valorizar características pessoais, e assim por diante. Assim, a empresa se torna uma referência em seu segmento e a consequência natural é o aumento nas vendas.

5. Estabeleça um calendário editorial

Um dos princípios mais importantes para a gestão de mídias sociais é a constância. Por isso, o calendário editorial é imprescindível. Faça um planejamento de posts de acordo com o objetivo de cada rede, utilizando datas especiais e eventos para favorecer a sua marca.

6. Recorra às métricas para melhorar sua gestão de mídias sociais

Embora muitas empresas se concentrem em números de likes, a verdade é que essa não é a melhor métrica para analisar a eficácia de uma estratégia de mídias sociais.

É fundamental acompanhar e avaliar os resultados das campanhas de mídias sociais. No entanto, essa análise deve se basear nos objetivos definidos para cada canal.

Portanto, se o seu objetivo era a venda, é fundamental analisar o número de conversões. O engajamento nas publicações (especialmente salvamentos, compartilhamentos e comentários) é interessante para quem foca no relacionamento.

As métricas também mostram quais são os melhores horários para publicar em suas redes sociais. Os gráficos das plataformas revelam quem é o público que está seguindo seu negócio e quando eles interagem mais naquele aplicativo. A partir desses dados, pense em estratégias para balancear a audiência e concorrência e fazer um agendamento certeiro.

A análise das métricas também permite identificar qual é o tipo de conteúdo que mais produz engajamento. Portanto, é o que mais chama a atenção do seu público. Assim, você conseguirá tornar sua programação editorial cada vez mais assertiva.

Essas são as principais estratégias para uma boa gestão de mídias sociais. E você, já faz isso nas plataformas que sua empresa utiliza? Quais são as suas dificuldades para colocar essas dicas em prática no dia a dia? Conte pra gente nos comentários!

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.