SEO e Links Patrocinados na geração de leads

Para que um site fique bem posicionado e apareça nos primeiros resultados de pesquisa dos buscadores é necessário usar algumas estratégias, como SEO e links patrocinados.

Apesar de ter mecanismos opostos – uma é feita para a busca orgânica e a outra é para anúncios pagos – elas tornam-se complementares.

No entanto, os links patrocinados e as regras de SEO não servem apenas
para melhorar o ranqueamento de um site ou blog.

O uso dessas ferramentas tende a aumentar também a geração de leads. E isso contribui para uma maior taxa de conversão.

Veja a seguir como integrar a técnica de SEO com os links patrocinados. E de que maneira isso pode gerar mais leads potenciais e qualificados para sua estratégia de marketing.

Diferença entre links patrocinados e SEO

A principal diferença entre o SEO e os links patrocinados é quanto ao tempo do resultado. Através do SEO, o posicionamento esperado é bem mais demorado e trabalhoso do que com os links.

Outra fator é que, enquanto links patrocinados atraem cliques e visitas através de anúncios pagos, com o SEO os visitantes são atraídos de forma orgânica ao site.

Contudo, para que possamos entender o benefício dessas estratégias e porque é importante combiná-las, vamos explicar cada uma a seguir.

Links patrocinados

Através dos links patrocinados são criadas campanhas com o uso de palavras-chave, que fazem com que o anúncio apareça nas primeiras posições dos buscadores.

Com essa técnica, os resultados aparecem logo no primeiro dia de campanha. É uma ferramenta eficiente para atração e conversão de leads.

As principais plataformas de busca onde é possível criar campanhas de links patrocinados são:

  • Google Ads
  • Facebook e Instagram Ads
  • LinkedIn Ads
  • Bing Ads

De todas elas, o Google Adwords é a mais popular, sendo usada como sinônimo de links patrocinados. Ele trabalha através de duas formas: a Rede de Pesquisa e a Rede de Display. Neste artigo é possível entender melhor a ferramenta e cada uma das redes de anúncio.

SEO (Search Engine Optimization)

Com a Otimização para os Mecanismos de Buscas ― tradução livre da sigla SEO ― é feito um trabalho de otimização do posicionamento de sites e blogs nas páginas de busca através de regras que determinam o uso das palavras-chave.

Isso porque, no caso do Google, apenas os resultados mais relevantes são entregues ao usuário na primeira página.  Dessa forma, para que o site seja exibido logo nas primeiras páginas, três fatores relacionados ao SEO são levados em conta:

  1. Conteúdo: tem relação com o grau de relevância do conteúdo publicado e com a quantidade de palavras-chave utilizada;
  2. Link building: quantidade de links externos que são redirecionados à sua página. Ou seja, quanto mais conteúdos de terceiros forem linkados ao seu site, mais o Google entende que o seu conteúdo tem qualidade e serve como referência.
  3. Experiência do usuário: engloba questões mais técnicas como organização do layout, código fonte limpo e URL’s amigáveis. São considerados ainda os aspectos como tempo de carregamento da página e se ela é responsiva (configurada para dispositivos móveis).

Porque combinar SEO e links patrocinados?

Ao combinar as duas estratégias, melhorando, assim, o posicionamento do site ou blog, mais leads em potencial serão atraídos.

Mas para convertê-los, é preciso criar conteúdos relevantes e ofertá-los em landing pages, banners ou formulários que proporcionem uma boa experiência ao usuário. 

É importante lembrar que, de nada adianta atrair os potenciais leads se não tiver o que entregar a eles para gerar conversão.

Se você ainda tem dúvidas sobre essa e outras estratégias de marketing digital, procure a Gerente Web!

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.