Dicas para uma boa apresentação de estratégias de marketing

Na sua agência, você provavelmente já passou por essa situação inúmeras vezes. As estratégias de marketing estão prontas mas, primeiro, é necessário vender a ideia para o cliente. Mas afinal, como fazer uma boa apresentação, que deixe a expertise do seu negócio evidente e conquiste a conta?

Pensando nisso, selecionamos algumas dicas fundamentais para uma boa apresentação de estratégias de marketing. Confira!

A importância de uma boa apresentação das estratégias de marketing

Pense no seguinte: seu plano de marketing tem um objetivo — fazer o cliente do cliente comprar, certo? Mas como ele vai acreditar na eficácia da sua estratégia se você não conseguir nem mesmo vender a ideia para ele? 

É por isso que a apresentação visual e oral para uma reunião de negócios é tão importante. Não basta falar. É preciso mostrar as informações de forma impressionante, destacar contrastes, demonstrar conhecimento do mercado, do segmento, daquele público, da estratégia. 

Uma boa apresentação visual para a reunião de negócios com foco em marketing — que pode ser um Power Point — precisa deixar claro para o cliente que o profissional ou sua agência são capazes de trazer um retorno satisfatório. Descubra como alcançar esse objetivo.

Dicas para uma apresentação imbatível das estratégias de marketing

1. Planeje sua apresentação das estratégias de marketing

Definitivamente, o improviso não é uma boa ideia para uma apresentação das estratégias de marketing. Por mais que os passos estejam fixados na sua mente, para encantar o cliente é preciso garantir que as informações sejam apresentadas na ordem certa e de forma atrativa. Assim, elas causarão o impacto necessário para uma tomada de decisão favorável.

2. Use o que você conhece muito bem — a jornada do consumidor

Assim como sua estratégia de vendas, sua apresentação também precisa ser bem planejada. Ela deve começar tocando as dores do cliente, mostrar conhecimento sobre o mercado e as soluções possíveis, bem como evidências por que seu plano é a melhor alternativa.

Ao final, apresente diferenciais do seu plano ou agência, além de elaborar uma forma de demonstrar urgência. Busque informações sobre o cliente para saber qual é o tipo de gatilho mental que mais tem chances de influenciar sua decisão e use esses recursos para conquistá-lo.

3. Torne sua apresentação visualmente interessante

Não é o momento de palestrinha. Apesar de demonstrar seus conhecimentos, garanta que o cliente se encante também com o aspecto visual da sua apresentação. Não crie um conjunto de tópicos carregados de texto ou estatísticas. Capriche no design e, se possível, termine de forma apoteótica.

Lembre-se de alguns princípios do design: menos é mais, espaços em branco são seus amigos, fontes simples e de fácil leitura não confundem a audiência, potencializando o impacto da mensagem. Assim, sua apresentação será mais fluída e o pensamento do cliente será conduzido de acordo com a sua vontade.

4. Incorpore recursos multimídia à apresentação

Se você pretende utilizar um vídeo, música ou qualquer outro recurso multimídia, incorpore-o à sua apresentação. Isso evitará equívocos no momento de projetar arquivos, o que deixará a exposição confusa e mostrará uma certa desorganização.

5. Prometa e cumpra suas promessas

Nos primeiros cinco minutos da apresentação, faça um breve resumo do que sua audiência esperar. Ao longo do tempo seguinte, não deixe de cumprir essa promessa e abordar esses pontos de forma objetiva e incisiva, mas também recorrendo à emoção quando necessário.

6. Emoções e dados

Segundo a Psicologia do Consumo, é muito mais fácil levar uma pessoa à decisão quando ativamos tanto as emoções quanto a racionalidade. Afinal, geralmente as compras são feitas por motivos emocionais, mas justificadas por dados racionais.

Então, proporcione esses dois elementos em sua apresentação. O storytelling, por exemplo, consegue despertar emoções e criar uma identificação. Combiná-lo com dados inseridos no dia a dia de um personagem ou de exemplos reais exercerá um efeito impactante.

Pense na apresentação como uma venda, pois é isso que ela é! Explore as dores do cliente, aponte as soluções e torne a oferta irresistível. Afinal, se você conseguir pescá-lo, está mostrando sua capacidade para pescar também os clientes dele.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *