O que é teste A/B e como utilizá-lo?

Uma estratégia matadora de marketing e vendas é o primeiro passo para o sucesso. Porém, existem detalhes e sutilezas que podem interferir no resultado das campanhas e, ao otimizá-los, seu faturamento aumenta. Para identificá-los, o teste A/B é um dos seus principais aliados.

Quer saber que teste A/B é esse? Então, continue a leitura! Vamos explicar como ele funciona, o que pode medir e quais são os cuidados ao aplicá-lo para tornar suas ações de marketing ainda mais certeiras e aumentar sua taxa de conversão.

O que é um teste A/B?

O teste A/B é uma prática que permite ao gestor de marketing comparar os resultados de conversões obtidas a partir de variações de uma peça original. Esse material pode ser um anúncio, e-mail, landing page, página do e-commerce etc.

O teste A/B pode ser aplicado para comparar qual é o melhor texto, a melhor imagem, a melhor cor para um botão, o melhor template para o e-mail marketing, o melhor design para um site, e assim por diante.

Como funciona o teste A/B?

O teste A/B é muito simples de aplicar. Vamos imaginar que ele será feito no e-mail marketing de uma clínica que é especializada em implante capilar.

Essa mensagem é composta pelos seguintes elementos:

  • título (que aparecerá na caixa de mensagens do cliente);
  • imagem;
  • texto;
  • botão clicável para receber mais informações.

No teste A/B, você escolhe um desses elementos (só um deles) e cria duas versões — a original e uma variação. Cada versão é enviada para metade da base de e-mails, aleatoriamente.

Depois que o e-mail é enviado, a empresa analisa qual foi o mais efetivo para gerar a conversão desejada. Dessa forma, os responsáveis pelo Marketing saberão qual é a versão que traz melhores resultados.

Como utilizar essa estratégia?

Em primeiro lugar, o teste A/B só pode ser aplicado em uma variável de cada vez. Assim, você saberá exatamente qual é o elemento responsável pela melhora na taxa de conversão.

Afinal, se você manda duas versões de imagens, você saberá que o aumento no número de cliques se deve àquela diferença. Se, por outro lado, a alteração foi no texto, também perceberá qual é a melhor opção para persuadir.

Porém, se fizer várias mudanças ao mesmo tempo, você não conseguirá identificar qual foi o elemento que causou a diferença no resultado. Dessa forma, ficará mais difícil otimizar sua campanha e obter maiores taxas de conversão.

Por que realizar testes A/B?

No Marketing Digital, praticamente tudo é mensurável. Isso faz com que sua empresa pare de basear suas campanhas em achismos e se concentre no que dá retorno, no que funciona com o seu público-alvo.

Quando você realiza um teste A/B, você descobre o que realmente motiva a resposta do seu público-alvo. Afinal, mesmo que o mercado tenha um consenso sobre um assunto, seus potenciais compradores podem ter preferências mais específicas.

Além disso, a análise de testes A/B ao longo do tempo ajuda sua equipe a entender o padrão de comportamento do seu público-alvo. Assim, eles serão capazes de criar campanhas cada vez mais certeiras.

Vamos imaginar o seguinte: em todos os testes, metade da base recebeu um texto informativo e outra foi abordada com uma escrita mais emocional. Na grande maioria, a mensagem emocional obteve maior taxa de conversão. Isso mostra que é esse tipo de e-mail que sua equipe deve redigir.

O mesmo pode acontecer com o botão de resposta. Se em todos os testes em que havia uma versão laranja houve mais cliques nessa cor do que nas outras, é importante considerar a possibilidade de utilizá-la sempre nos botões.

O teste A/B é tão simples que a maioria das pessoas não imagina seu potencial para otimizar campanhas e aumentar a lucratividade. Mas a experiência comprova — quem utiliza esse recurso, descobre o que gera um número maior de conversões, vende mais e alcança o sucesso.

E você, já usou o teste A/B? Conta pra gente qual foi o resultado nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *