Saiba onde concentrar seus esforços para transformar contatos em leads qualificados

Ter uma boa quantidade de endereços eletrônicos armazenados pode parecer relativamente fácil. Uma pop-up ali, um e-mail em troca de um desconto e pronto, sua empresa já está com uma imensa lista de contatos. Mas será que você conseguiu fazer uma geração de leads qualificados?

De nada adianta criar uma imensa rede de contatos se ela for comprada, por exemplo, ou se não houver um investimento em estratégias após a coleta de e-mails. Por isso, veja como e onde concentrar seus esforços para conseguir leads qualificados!

Afinal, o que são leads qualificados?

Um lead qualificado nada mais é que um contato que demonstrou estar interessado no que a sua empresa oferece. Ele se encaixa no perfil de público-alvo e mostrou intenção de compra no seu produto ou serviço.

Conheça os segredos de uma agência de Inbound Marketing

Saber essa definição é importante para que sua empresa concentre esforços nesses contatos, ou seja, nos clientes em potencial.

Como conseguir uma geração de leads qualificados?

Há uma série de estratégias para gerar leads realmente interessados no que sua empresa tem a oferecer. Veja:

Google Ads

O Google Ads é uma excelente forma de geração de leads qualificados, pois o seu anúncio aparece apenas para pessoas que estejam procurando por seu produto ou serviço. Portanto, mesmo que o usuário não faça a aquisição no momento da pesquisa, ele pode deixar dados de contato para conseguir descontos ou acompanhar suas promoções. 

É importante destacar que, na maioria dos casos, o usuário que encontra sua empresa por meio do Google Ads está em uma fase diferente no funil de vendas. Por isso, sua abordagem no fluxo de nutrição deve ser diferente.

Instagram Ads e Facebook Ads

Como visto, anúncios são capazes de atrair leads qualificados. No caso do Instagram e do Facebook, os anúncios são enviados a pessoas com perfil semelhante ao da persona que você construiu na plataforma. Isso faz com que ele apareça para pessoas de grupos semelhantes ao do seu público-alvo, aumentando as chances de atrair clientes. 

O Instagram permite a criação de anúncios mesmo que sua loja não tenha perfil na rede social. É possível criar diversos CTAs, incluindo para o cadastro de e-mails.

Fluxos de nutrição

E por falar em fluxo de nutrição, essa é uma fase importante não para captar contatos, mas para transformá-los em leads qualificados. Afinal, muitos deles podem passar o e-mail porque querem algum desconto ou gostaram de um conteúdo do seu blog, mas não conhecem seu segmento com profundidade.

O fluxo de nutrição é o momento de mostrar por que sua loja é a escolha perfeita para solucionar o problema do lead. Mas, como dito, sua lista de contatos está em diferentes fases do funil de vendas. Por isso, é necessário não apenas dividi-la conforme a maneira de captação, mas enviar conteúdos pensados para cada uma dessas fases. Assim, será possível ter uma abordagem mais direta futuramente, mas em turnos distintos. 

Melhore a taxa de ocupacao do seu hotel em baixa temporada

Iscas digitais

Antes de tudo, é preciso entender que você só conseguirá uma geração de leads se der algo em troca para seu público. Afinal de contas, por que o usuário deixaria um dado de contato para uma empresa que ele mal conhece? Ninguém deseja receber spams. 

O conteúdo, portanto, é a principal isca para a geração de leads.

Veja em quais materiais sua empresa pode investir para conseguir leads qualificados:

  • e-books;
  • white papers;
  • infográficos;
  • templates;
  • cursos gratuitos;
  • webinars;
  • planners;
  • calendários editoriais;
  • slides de alguma apresentação ou webinar;
  • podcasts.

O mais interessante das iscas digitais é que elas não só captam, mas também são capazes de qualificar os leads. Se você vende cursos e explica a importância deles no meio de um e-book, por exemplo, as chances de converter o lead em oportunidade aumentam. No final, claro, não se esqueça de colocar um CTA chamando para conhecer seu produto e uma seção Sobre a Empresa.

Conteúdo atualizado

Nem sempre você precisa investir em conteúdo novo para gerar leads. Se o seu blog já tem uma boa quantidade de conteúdos em um determinado segmento, é possível uni-los e transformá-los em um e-book. Outra ideia é mudar a mídia — por exemplo: transformar um conteúdo em áudio ou vídeo em texto.

Como o nome indica, é importante atualizar o conteúdo, não apenas copiar ou transcrever. Por isso, observe os dados, principalmente relacionados a porcentagens e notícias, para oferecer sempre algo atual aos leads.

Palavras-chave long tail

Palavras-chave long tail ou cauda longa são aquelas maiores e que geram resultados mais específicos. Por exemplo: em vez de procurar por “sapato” seu potencial cliente digital no Google “sapato preto de couro masculino 37”. Os resultados estarão muito mais alinhados ao que ele realmente precisa. 

Isso também se aplica às estratégias de geração de leads. É só pensar em como encontrou este texto. Em vez de digitar apenas “lead”, você provavelmente pesquisou “como gerar leads qualificados” ou “geração de leads qualificados”. Isso permitiu uma precisão muito maior nos resultados.

Guest post

Como visto, uma boa estratégia para geração de leads qualificados é atuar com conteúdo relevante. Ele transforma sua empresa em uma autoridade no segmento, o que aumenta as chances de seu potencial visitante se transformar em lead e, claro, cliente. Portanto, enxergar sua empresa como alguém que domina a área de atuação é fundamental para que isso aconteça.

Uma das formas de se apresentar como autoridade no assunto é por meio de guest posts, ou seja, criando um conteúdo como convidado de outra empresa. É uma estratégia muito eficiente caso você consiga parcerias com blogs que conseguiram captar a essência do seu público-alvo.

Para conseguir um guest post, é importante procurar por blogs que sejam de um nicho parecido com o seu, mas sem concorrência direta. Crie um bom relacionamento e forme um bom portfólio de conteúdo. Assim, a abordagem será muito mais fácil.

Co-marketing

O co-marketing é uma parceria entre empresas de segmentos semelhantes. Por exemplo: se você faz um guest post para o blog de uma empresa e ela faz outro conteúdo para suas redes sociais, isso é uma espécie de co-marketing.

O mais interessante dessa estratégia é que o negócio parceiro, de certa forma, “empresta” a base de contatos para sua empresa, pois a divulgação desses conteúdos é feita por e-mail e nas mídias de cada organização. 

Pronto para começar a gerar leads qualificados? Lembre-se de que isso é apenas um passo de uma estratégia de sucesso. Veja como fazer seu plano de marketing!

Como transformar em clientes sua lista de prospects

Melhore a taxa de ocupacao do seu hotel em baixa temporada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *